Assim como em toda dieta, os cardápios que aceleram o metabolismo também apresentam algumas restrições e sintomas inadequados para algumas pessoas. Conhecer essas limitacoes é fundamental para sua saúde!

Acelerar o metabolismo e fazer o corpo funcionar a seu favor exige algumas mudanças de hábitos alimentares, que priorizam intervalos menores entre as refeições, além do consumo de alimentos termogênicos. Porem, é preciso conhecer os efeitos colaterais causadores essas mudanças e, claro, contar com o acompanhamento médico para ter certeza de que você pode aderir a essa dieta sem medo.

O alimentos e suplementos alimentares com efeitos termogênicos ajudam o corpo a consumir energia de forma mais rápida, acelerando o seu metabolismo. Isso acontece porque os termogênicos contem cafeína, que é um estimulante de SNC (sistema nervoso central) e ativa o metabolismo, elevando a termogênese (aumento da temperatura do corpo) e promovendo a produção de energia por meio da utilização da gordura corporal.

É como se você ativasse um botão turbo no organismo e ele ficasse mais rápido. Assim é possível consumir mais energia fazendo as mesmas atividades rotineiras.

Outros efeitos causados pelos termogênicos envolvem o estimulo do sistema nervoso central, promovendo a circulação sanguínea e o funcionamento cardíaco. Portanto, quando se acelera o metabolismo, o batimento cardíaco também ganha outro ritmo, ele passa a bater mais rápido. O que pode ser contraindicado para alguns indivíduos, causando a elevação da pressão arterial, taquicardia e irritação da mucosa gástrica. No caso de hipertireoidismo, o aumento descontrolado do gasto enérgico pode ser prejudicial.

Dificilmente um alimento natural termogênicos irá causar danos a saúde em pessoas saudáveis. Contudo, os suplementos alimentares só devem ser consumidos após orientação. Após isso, faça bom uso dos termogênicos, acelere o passo e o coração!

Grupos de risco

Insones

Quem tem dificuldade para dormir, não deve adotar a dieta termogênica, pois a grande presença de cafeína pode inibir ainda mais o sono e causar itabilidade, além de outros males em decorrência da falta de descanso do corpo. Talvez seja importante consultar a possiblidade de reposição hormonal por Melatonina.

Ansiosos

Em pessoas ansiosas, o sangue é desviado do sistema digestivo e de outros órgãos e é canalizado para os músculos durante os picos de ansiedade. Entao, a concentração de gordura no sangue aumenta para promover mais energia enquanto o metabolismo atrasa.

Hipertensos

Devem evitar o processo de aceleração do metabolismo pois, consequentemente, a pressão arterial também aumenta. Dessa forma, os vasos sanguíneos e órgãos de seu corpo podem sofrer danos.

Cardiopatas

O período esta no aumento da taxa metabólica do miocárdio Sempre que faltar oxigênio para o miocárdio devido a aceleração, pode ocorrer infarto, arritmias ou parada cardíaca.

Pessoas com problemas gastrointestinais

A dieta termogênica pode causar a aceleração do metabolismo e causar aumento do transito intestinal, levando a um maior numero de evacuações ou diarreia.

Portadores de disfunção tireoidiana

Quem sofre de alterações na glândula responsável pelo bom funcionamento hormonal do organismo pode desenvolver arritmias cardíacas, hipertensão, fibrilação, infarto e osteoporose, caso decida acelerar o metabolismo.

Gestantes e crianças

No caso das gravidas, o consumo de termogênicos pode aumentar a pressão arterial, elevando as chances de o bebe nascer antes do tempo, com risco de baixo peso e maior risco de aborto.

 

Veja mais: