Aumente o seu metabolismo para emagrecer

Descubra como o metabolismo funciona e por que acelerar o ritmo do organismo traz os benefícios para sua saúde, além de ajudar a emagrecer.

Se você esta pensando em começar uma dieta rigorosa para dar fim as gordurinhas, de uma vez por todas, saiba que o sucesso do seu plano de emagrecimento não depende somente dos alimentos que você consome e nem mesmo da quantidade ingerida.

O seu metabolismo, ou seja, o processo químico que transforma as calorias ingeridas em energia, tem papel fundamental na busca por uma silhueta mais esguia.

A formula para reduzir as medidas não é novidade: é preciso gastar mais calorias do que consumimos. É ai que entra a dificuldade para emagrecer. A velocidade com que são acumuladas as calorias é diferente do ritmo no qual elas vão embora. Isso se deve ao funcionamento do seu metabolismo, que devido a uma serie de fatores, pode ser lento (promovendo o acumulo do gorduras), ou mais rápido (queimando mais calorias).

Esse processo bioquímico complexo chamado de metabolismo esta presente no corpo de duas maneiras: Nos estados ANABOLICO ou CATABOLICO, sendo esse ultimo o responsável por degradar algumas partículas presentes no corpo, proporcionando, assim, a tão desejada perda de peso. Assim, as calorias ingeridas são combinadas com oxigênio para liberar energia que o corpo precisa para funcionar. Para se ter ideia, até mesmo quando o corpo esta em repouso, o organismo precisa de energia para realizar todas as funções “ocultas”, como respiração, promover a circulação sanguínea e manter o ajuste dos níveis hormonais, por exemplo.

Fatores genéticos, peso, idade e sexo influenciam diretamente no equilíbrio metabólico. Os homens, por exemplo, geralmente tem menos gordura corporal e mais massa muscular do que as mulheres da mesma idade e peso. No entanto é possível fazer uso da boa alimentação, ingestão de ingredientes-chave e, claro, atividade física para colocar a maquina do seu organismo para funcionar a seu favor.

 

Impactos da idade

O passar dos anos pode influencia o funcionamento do organismo e retardar o metabolismo. Mas é possível regula-lo, veja como agora!

Quando se envelhece, muitas mudanças passam a ser notadas no corpo: como a perda da flexibilidade, a rigidez dos tecidos, a diminuição dos reflexos… Com o metabolismo não é diferente. Após os 30 anos ou, no caso das mulheres, no período da menopausa, o metabolismo sofre uma diminuição de ritmo. Além disso, a alteração nos hormônios tiroidianos e no hormônio do crescimento, comum nessa fase, e a perda de massa muscular relacionado a idade também levam a redução do metabolismo.

O metabolismo funciona como as avenidas, ruas e rodovias. Se existe um congestionamento as nossas vias sanguíneas, ou processos celulares, nosso corpo se atrasa e fica mais lento. Com o tempo, vamos envelhecendo e é totalmente natural nosso metabolismo desacelerar.

Ao envelhecer, as células não funcionam na mesma frequência de antes e as taxas hormonais apresentam uma queda, atrasando alguns processos fisiológicos. Este fator, dentre muitos outros, atrapalha a mobilidade e pode provocar problemas como osteopenia e osteoporose, assim como dores e inflamações por conta do sistema imunológico baixo, que, por sua vez contribui para o sedentarismo ou para a diminuição significativa de atividades físicas.

Não ha receita magica que vá reverter esse quadro, não existe um único medicamento, suplemento nutritiva, alimentos ou química que pode ajuda-lo a aumentar o metabolismo e reduzir a gordura corporal, a não ser o seu próprio esforço para reduzir o consumo de calorias. Ou seja, não existe formula mágica ou um botão instantâneo que faça todo o trabalho sozinho.

As substancias que podem causar uma pequena aceleração no metabolismo, como a cafeína, por exemplo, agem no organismo, mas sozinhos esses recursos não surtirão efeito. Alias, é preciso tomar cuidado com o consumo exagerado de substancias químicas para acelerar o metabolismo, pois elas podem causar o amento do ritmo cardíaco e proporcionar maior risco de desenvolvimento de doenças do coração.

 

 

 

Como emagrecer